Apartamento Marechal

Local:

São Paulo

metragem:

160

m2
ano:

2019

Produção:

Gaia Savastano

fotografia:

Maira Acayaba

Este apartamento de 160m2 estava com sua planta e revestimentos originais desde a entrega da construtora nos anos 80, nunca havia sido reformado. Os clientes nos procuraram porque buscavam um apartamento com maior integração e conexão entre os ambientes, de modo que valorizasse a amplitude espacial e tivesse uma linguagem mais contemporânea com novos materiais, texturas e acabamentos.

O primeiro passo foi iniciar a demolição de paredes. Derrubamos então as que fechavam a cozinha e a integramos no ambiente social com uma ilha em granito que recebe a mesa de jantar. Sobre a ilha uma estante de ferro armazena as garrafas e taças do bar. Originalmente, o imóvel possuía 3 suites. O casal optou por manter apenas duas e a terceira foi transformada em um escritório, que é também conectado com as salas de TV e estar. Por ser um espaço de trabalho, que demanda um pouco mais de privacidade, projetamos uma estante metálica, pintada em um tom de verde escuro, criando nichos para organização do ambiente. Seu fechamento em réguas de vidros pontilhados permitem a passagem da luz natural, mas ofuscam a visão de quem está no espaço social. A sala de estar e TV também são conectadas, e divididas com um sofá modular, que criou composições diferentes para os dois espaços. No estar ele é menos profundo e mais ortogonal, para poder receber visitas em frente ao banco de concreto moldado in loco. Na TV ele possui ele é mais despojado, com chaise e profundidade maior para ter maior conforto. Ao lado da sala o terraço está separado simbolicamente por um painel em chapa metálica perfurada e um banco de madeira. No ambiente externo uma poltrona em frente a parede de plantas criou um canto de leitura confortável para o final do dia. Em relação aos materiais, na sala, no grande paredão branco, optamos por aplicar uma textura chapiscada antes de receber a pintura, criando um material com relevo que trouxe um movimento visual interessante. O piso social é todo em cimento queimado e os quartos receberam assoalho de madeira. O bloco do lavabo que divide a cozinha roxa, uma das solicitações do cliente, e a estante metálica, foi todo revestido com réguas de madeira natural Nogueira. Nos banheiros o branco também predomina e cria contrastes com as pedras Hijau instaladas no box e o gabinete em lamina natural de Freijó.